Buscar
  • Hugo Monteiro

Foco no que realmente importa.

Seus funcionários vêm sendo um problema ou parte da solução?


Cada departamento de gestão de pessoas tem sua particularidade e em uma empresa com terceirização de mão de obra não é diferente. Uma das maiores dificuldades do setor de recursos humanos, hoje em dia, é encontrar colaboradores comprometidos, capacitados e dedicados à função que foram contratados para desempenhar.

A facilidade, porém, de contratar uma empresa para prestar serviços ao invés de contratar um funcionário interno, é de que se esse colaborador apresentar desvio de conduta, inadequação quanto às funções, ele é advertido e se necessário substituído, sem custo, sem burocracia para a empresa contratante, ao passo que se o funcionário for interno, além de todo esse desgaste com o profissional, a demissão e contratação de um substituto demanda tempo e recurso.

Tendo esse olhar mais voltado para a produção e deixando a burocracia e pendências para a contratada, a contratante produz mais, entrega mais, fatura mais e consequentemente, expande mais.

Um exemplo prático de isenção de responsabilidade:

Digamos que o colaborador precise prestar um serviço e se desloque de uma cidade para outra com um carro alugado. Além de a empresa contratante não arcar com o custo do aluguel do veículo, qualquer intercorrência que possa acontecer, ao motorista ou ao veículo, fica aos cuidados da empresa contratada, como o custo com a higienização do carro, abastecimento, etc...


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo